voltar

ÀS MARGENS DO RENO, COLÔNIA TEM PERFUMES, CERVEJAS E VIDA MOVIMENTADA PARA A COMUNIDADE LGBT

Município é conhecido como a “capital gay da Alemanha”

Rio Reno, ‘Eau de Cologne’ e cervejas Kölsch são termos relacionados identidade cultural de Colônia, tendo a água como ponto de partida em comum. Maior município da Renânia do Norte-Vestfália, oeste da Alemanha, Colônia é Conhecida como Cidade das Águas - ou Köln, no idioma local –, e tal reconhecimento pode ser comprovado em passeios de barco para conhecer a cidade navegando pelo rio Reno, por exemplo. Já os fãs de perfumes podem visitar a histórica 4711 House e o Farina Fragrance Museum, enquanto os cervejeiros degustam as múltiplas variedades de Kölsch.

Rio Reno, ‘Eau de Cologne’ e cervejas Kölsch são termos relacionados identidade cultural de Colônia, tendo a água como ponto de partida em comum. Maior município da Renânia do Norte-Vestfália, oeste da Alemanha, Colônia é Conhecida como Cidade das Águas - ou Köln, no idioma local –, e tal reconhecimento pode ser comprovado em passeios de barco para conhecer a cidade navegando pelo rio Reno, por exemplo. Já os fãs de perfumes podem visitar a histórica 4711 House e o Farina Fragrance Museum, enquanto os cervejeiros degustam as múltiplas variedades de Kölsch.

 

Os romanos foram os primeiros a darem valor à excelente localização do rio Colonia, que continua sendo uma importante rota de transporte até os dias atuais. Nos últimos anos, os cruzeiros fluviais se popularizaram, mostrando aos turistas uma vista de tirar o fôlego da famosa cidade velha de Colônia. Para os que preferem terra firme, também é possível conhecer o Reno a pé, de bicicleta ou patins. Um dos destaques da região é o deque histórico Rheinau, recentemente reformado, que conta com restaurantes, cafés e galerias às margens do rio. Lá estão localizados os espetaculares Kranhäuser (casas guindaste), prédios contruídos por famosos arquitetos de Hamburgo. Outra atração do Reno é a ponte Hohenzollern, que liga o centro de Colônia à Estação Central e tem também outra utilidade: casais penduram cadeados à ponte e jogam as chaves no rio como prova de amor.

 

No verão, é possível ter um gostinho do Mediterrâneo em uma das belas praias do Reno, enquanto se degusta um copo de Kölsch bem gelada, a bebida típica da região. Existem 27 marcas da bedida em Colônia. Segundo uma convenção de 1985, apenas cervejas fabricadas na cidade e arredores podem ser chamadas de Kölsch. O ideal é apreciar esta cerveja altamente fermentada em uma das muitas fábricas locais, onde também se conhece o segredo da hospitalidade de Colônia: receptividade, celebração e humor.

 

Outra criação líquida da cidade é a Eau de Cologne, conhecida no Brasil como ‘Água de Colônia’. Em 1709, o perfumista italiano Johann Maria Farina criou a primeira água perfumada e a chamou de Eau de Cologne, em homenagem à cidade onde morava. O Farina Fragrance Museum é mantido por sua família no local onde a fragrância foi criada e conta com guia trajando vestimentas Rococó, o que revela a história e os segredos do perfume. Cerca de cem anos depois teve início a produção de outra Água de Colônia, na rua Glockengasse. Na 4711 House – nome que indica o número do prédio onde está localizada –, visitantes mergulham no mundo dos perfumes com atividades que incluem um seminário em que têm a oportunidade de criar sua própria Água de Colônia com ajuda de profissionais.

 

LGBT em Colônia

 

Uma das cidades mais descoladas da Alemanha, Colônia abriga muitos homosexuais – na verdade, um a cada dez habitantes sente atração por pessoas do mesmo sexo. A cidade também é conhecida como a “capital gay da Alemanha”, devido à grande comunidade LGBT que conta com equipes esportivas LGBT e corais. O grupo também promove anualmente a parada gay chamada Cologne Pride (CSD), realizada desde 1991. Tecnicamente classificado como protesto, o evento parece mais uma festa com suas cores e clima de positividade. Realizado na primeira quinzena de julho, a cidade brilha com as cores do arco-íris e seus vários eventos para celebrar o orgulho homoafetivo. Aliás, pessoas de todas as orientações sexuais são bem vindas nas festividades. Já no fim do ano, o Christmas Avenue – mercado de Natal direcionado à comunidade gay – é um paraíso a ser explorado no coração da cena de bares gays, na passagem entre a Schaafenstrasse e a Rudolfplatz.

 

Existem lugares essenciais para quem se interessa pela comunidade LGBT em Colônia. No centro da cidade, na praça Heinrich-Böll, próximo à ponte Hohenzollern, fica o Pink Triangle, um memorial dedicado aos gays e lésbicas vítimas dos nazistas. Já o Cold Corner, na Markmannsgasse, é um memorial criado pelo artista Tom Fecht em homenagem às pessoas que morreram em decorrência da AIDS. Já na Cidade Velha, está a praça Heumarkt, onde acontece a concentração da Cologne Pride, e também conhecida como o centro da cena fetichista local.

 

O dia a dia dos LGBTs em Colônia gira em torno do Triângulo das Bermudas, formado pela região entre Neumarkt, Zülpicher Platz e Rudolfplatz – enquanto os bares se concentram próximos à Schaafenstrasse, as ruas Mittelstrasse, Pfeilstrasse e Ehrenstrasse são as preferidas para compras. O Triângulo das Bermudas também é o quarteirão mais efervescente da noite gay. Um dos bares mais antigos e conhecidos é o ExCorner, com mais de 20 anos de história. Outros bares populares são Deck 5, Maxbar, Cox-Cologne, Iron, Amadeus e Baustelle4u. A comunidade gay de Colônia também produz festas como a Röschensitzung e a Jeck op Deck, que são muito concorridas – é bom comprar ingressos com antecedência.

 

SOBRE O DZT

 

O Centro de Turismo Alemão (DZT) é o portal nacional do turismo na Alemanha, com sede em Frankfurt amMain. A instituição representa a Alemanha como país turístico em nome do Ministério da Economia e Tecnologia (BMWi), que a apoia conforme uma resolução do Parlamento Federal alemão. O DZT desenvolve e comunica estratégias e produtos para ampliar no exterior a imagem positiva dos destinos turísticos alemães e para promover o turismo no país. Para isso, mantém 30 representações nacionais em todo o mundo. Mais informações no centro de imprensa do portal www.germany.travel/presse. Para fotos, acesse, http://www.dzt.picworld-touristic.de

 

voltar