voltar

COMO SE DIZ LIFESTYLE EM ALEMÃO? ‘BADEN-BADEN, THE GOOD GOOD LIFE‘

Famosa por suas águas termais há mais de dois mil anos, a cidade localizada aos pés da Floresta Negra conta com inúmeras atrações e vive sob o slogan de praticar ‘a boa vida boa’

“A Belle Époque Encontra a Era do Instagram”. Esta era a manchete que o jornal New York Times publicou, recentemente, para descrever Baden-Baden. Outrora ponto de encontro de milionários e cabeças coroadas, a cidade alemã que se se situa aos pés da Floresta Negra é conhecida, hoje, como importante balneário e desfruta de excelente reputação medicinal e destino cultural. Com uma intensa agenda de eventos e festivais, paisagens exuberantes e discreta elegância, Baden-Baden tornou-se sinônimo de exclusividade, nobreza e estilo de vida. Um estilo de vida, reforça-se, altamente contemporâneo que também se reflete na nova marca adotada pela cidade, “The Good Good Life” – literalmente a “A boa vida boa”.

 

Em pleno período de revitalização, Baden-Baden vem atraindo um número crescente de visitantes internacionais. O que torna tão atraente essa pequena, mas impressionante cidade cosmopolita? Em primeiro lugar: sempre teve um forte apelo. A cidade é procurada há mais de dois mil anos por ser um lugar para as pessoas relaxarem e se reconectarem, sobretudo, em suas fontes termais, abastecidas por uma nascente com profundidade de 2.000 metros. Água, luz, terra e ar são os recursos preciosos da cidade. Termas extraordinárias, spas, natureza, hotéis de qualidade incomparável. Ao longo dos séculos, Baden-Baden evoluiu para um destino encantador, oferecendo uma variada gama de atrações, seja para puro relax ou diversão.

 

Para pessoas que procuram bem-estar e relaxamento, duas dicas imperdíveis são o moderno Spa Caracalla e o histórico Friedrichsbad, ambos com inúmeras piscinas  e vasta oferta de procedimentos estéticos para longas horas de relax. Igualmente conhecida como a “cidade verde de curtas distâncias”, Baden-Baden também é um oásis de natureza, compras, arte e cultura. Por conta da não circulaçãod e veículos em seu centro histórico, torna-se irresistível um convite para caminhadas sentindo o ar puro e o aroma das flores.

 

Com a natureza marcando presença em todas as direções, não é de se estranhar que os principais museus da cidade estejam situados no maior parque local, o Lichtentaler Allee. Como destaque, e por sua arquitetura extraordinária, o Museu Frieder Burda pede uma parada obrigatória. Outro endereço imperdível é o Museu Fabergé, o primeiro do mundo dedicado ao trabalho do joalheiro Carl Peter Fabergé. Amantes da cultura também devem incluir no roteiro o Festival Hall, que tem 2.500 lugares e é a segunda maior casa de ópera e sala de concertos da Europa.

 

No quesito gastronomia, a cidade abriga desde locais consagrados com estrelas Michelin a autênticas tabernas, pequenas e aconchegantes, que oferecem o melhor das culinárias internacional e regional. Depois de degustar boas taças de Riesling, a dica é conhecer o cassino de Baden-Baden, que era considerado, pela eterna diva Marlene Dietrich, o mais lindo do mundo. Difícil será resistir a sorte na roleta.

 

SOBRE O DZT

 

O Centro de Turismo Alemão (DZT) é o portal nacional do turismo na Alemanha, com sede em Frankfurt amMain. A instituição representa a Alemanha como país turístico em nome do Ministério da Economia e Tecnologia (BMWi), que a apoia conforme uma resolução do Parlamento Federal alemão. O DZT desenvolve e comunica estratégias e produtos para ampliar no exterior a imagem positiva dos destinos turísticos alemães e para promover o turismo no país. Para isso, mantém 30 representações nacionais em todo o mundo. Mais informações no centro de imprensa do portal www.germany.travel/presse. Para fotos, acesse, http://www.dzt.picworld-touristic.de

 

 

 

voltar